Notícias

04/12/2015

Futurarte participa da 26ª Feira Nacional de Artesanato no Expominas




Futurarte participa da 26ª Feira Nacional de Artesanato no Expominas

 

Futurarte expõe diversos produtos no stand 315, na rua M

 

A Cooperativa de Artesanato Futurarte, apoiada pela Instituição Social Ramacrisna, vai participar de 01 a 06 de dezembro, no Expominas, em Belo Horizonte, da 26ª Feira de Artesanato, que tem como tema “Do Bronze ao ouro, do suor a superação, a alegria de um Brasil feito à mão”. Considerada a maior feira do gênero na América Latina, a FNA é uma ótima oportunidade para os artesãos realizarem vendas e fazerem contatos, além de participarem de consultorias voltadas ao empreendedorismo visando auxiliar no seu crescimento profissional. Através de um estande, que ficará na rua M, 315, a Futurarte vai expor diversos tipos de produtos como acessórios, material de escritório, decoração e os novos lançamentos de bolsas e carteiras. O evento é aberto ao público a partir do dia 02. A entrada custa R$ 10,00.

Com uma coleção de verão feita exclusiva para a Feira, a Futurarte irá lançar novos produtos como bolsas, carteiras, acessórios, material de decoração e escritório, tudo produzido pelas mulheres moradoras da zona rural de Betim, a partir da reutilização de materiais como jornais, revistas, banner, saco de cimento e plástico.

 

Serviço:

Futurarte participa da 26ª Feira Nacional de Artesanato no Expominas

Horário de Funcionamento:

Dia 01/12 (terça-feira): de 12h às 22h (aberto somente para lojistas)

Dia 02/12 (quarta-feira): de 14h às 22h

Dia 03/12 (quinta-feira):de 14h às 22h

Dia 04/12 (sexta-feira): de 14h às 22h

Dia 05/12 (sábado): de 10h às 22h

Dia 06/12 (domingo): de 10h às 21h

Local: Av. Amazonas, 6200 - Gameleira, Belo Horizonte – MG

Ingressos: R$ 10,00

 

Sobre a Futurarte

A Cooperativa Futurarte foi criada em julho de 2004 pela Instituição Social Ramacrisna, com patrocínio da Petrobras. Tem como objetivo gerar trabalho e renda para mulheres da zona rural de Betim a partir da produção e comercialização de produtos artesanais sustentáveis. A produção prioriza o reaproveitamento de materiais como: jornais, sacos de cimento, banners e retalhos de tecidos, e surpreende pela qualidade e design das peças. Em junho de 2007, uma de suas bolsas foi premiada no concurso de design 





voltar